Arquivo da categoria: Coletando Dados

Coletando dados – FEB e a Segunda Guerra Mundial

11219349_818632298229805_1391427509096977561_n

Anúncios

Tipos de Metodologia científica

Método dedutivo: Método que só a razão é capaz de levar ao conhecimento verdadeiro. O raciocínio dedutivo tem o objetivo de explicar o conteúdo das premissas. Por intermédio de uma cadeia de raciocínio em ordem descendente, de análise do
geral para o particular, chega a uma conclusão. Usa o silogismo, construção lógica para, a partir de duas premissas, retirar uma terceira logicamente decorrente das duas primeiras, denominada de conclusão.

Método indutivo: Método que considera que o conhecimento é fundamentado na experiência, não levando em conta princípios preestabelecidos. No raciocínio indutivo a generalização deriva de observações de casos da realidade concreta. As constatações particulares levam à elaboração de generalizações.

• Método hipotético-dedutivo: consiste na adoção de uma linha de raciocínio que diz que “quando os conhecimentos disponíveis sobre determinado assunto são insuficientes para a explicação de um fenômeno, surge o problema. Para tentar explicar a dificuldades expressas no problema, são formuladas conjecturas ou hipóteses. Das hipóteses formuladas, deduzem-se consequências que deverão ser testadas ou falseadas. Falsear significa tornar falsas as consequências deduzidas das hipóteses. Enquanto no método dedutivo se procura a todo custo confirmar a hipótese, no método hipótetico-dedutivo, ao contrário, procuram-se evidências empíricas para derrubá-la” (Antonio Carlos Gil, Métodos e técnicas de pesquisa social ,1990).
• Método dialético: Fundamenta-se na dialética proposta por Hegel, na qual as contradições se transcendem dando origem a novas contradições que passam a requerer solução. É um método de interpretação dinâmica e totalizante da realidade. Considera que os fatos não podem ser considerados fora de um contexto social, político, econômico, etc., sendo largamente empregado em pesquisas qualitativas.

• Método fenomenológico: Preconizado por Husserl, o método fenomenológico não é dedutivo nem indutivo. Preocupa-se com a descrição direta da experiência tal como ela é. A realidade é construída socialmente e entendida como o compreendido, o interpretado, o comunicado. Então, a realidade não é única: existem tantas quantas forem as suas interpretações e comunicações. O sujeito/ ator é reconhecidamente importante no processo de construção do conhecimento, sendo largamente em pesquisas qualitativas.

Coletando Dados – Jogo para cegos, a inclusão digital no mundo gamer

Já pensou em jogar um jogo para cegos?

Sim!

Achou a ideia interessante?

Se sim, veja este vídeo e saiba como isso é possível!

Por fim deixo a recomendação, se inscreva no canal do Marcelo Pudell e seja feliz!

A história de vovô Dobri: o ser humano que todos deveriam ser

Dobri Dobrev, um homem de 98 anos que perdeu a audição na Segunda Guerra Mundial, anda 10 quilômetros de sua aldeia em suas roupas rasgadas e sapatos de couro para a cidade de Sófia, onde ele passa o dia pedindo dinheiro.

É um elemento bem conhecido na cidade, por suas prostrações de agradecimento a todos os doadores. Recentemente descobriram que ele doou cada centavo que reuniu – mais de 40.000 euros – para a reforma de mosteiros búlgaros e igrejas, além de pagar as contas de serviços públicos de orfanatos. Ele vive apenas com sua pensão mensal de 80 euros e da bondade dos outros.

——————————————————–

diado dobri

Como um simples ser humano não existe maneira de não se emocionar vendo e ouvindo histórias como estas. Não existe ser humano que não tenha um pingo de amor dentro de si que veja isto e fique indiferente, se existir um humano assim é por que não tem uma palavra chamada humanidade dentro da sua carcaça. Histórias como esta mostram como existem seres humanos que vão contra tudo e todos, humanos que mostram o verdadeiro lado iluminado da humanidade, humanos como este que nos fazem pensar o quanto somos insignificantes se comparados a todos os atos que tentamos fazer para ganhar destaque, mas muitas vezes sem nem realmente querer fazer aquilo.

images (7)

Quantos de nós seguiríamos esse exemplo e lutaríamos por algo melhor apenas como o pouco que tivermos. Poucos, muito poucos como podemos ver ao exemplo deste homem, talvez lições como está merecessem um destaque maior na mídia e nas conversas diárias da nossa insignificante vida, mas sabemos que isso não vai acontecer, por que ligamos mais para o nós mesmos e nunca daquilo que realmente achamos certo…

images (6)

Obras de Joaquim Nabuco para Download

Você gostaria de ler as obra de Joaquim Nabuco gratuitamente? Se sim, basta você clicar aqui e se entusiasmar com estas maravilhosas obras.

Obras completas de Machado de Assis para Download

Você gostaria de ler toda a obra de Machado de Assis gratuitamente? Se sim, basta você clicar aqui e se entusiasmar com estas maravilhosas obras.
Vale a pena conferir a homenagem pelos 100 anos de falecimento deste ícone literário brasileiro, neste site: http://machado.mec.gov.br/

Devemos assistir o filme-documentário Terráqueos (Earthlings)

O premiado documentário intitulado no Brasil de Terráqueos (Earthlings) chegou as telas youtubianas logo que começou a ganhar destaque no universo internacional, apesar de desconhecido o mesmo ja atingiu diversos sites (principalmente em prol a vida de animais) e o que causou um certo impacto na grande maioria de seus espectadores. Sejam esses impactos, repulsivos, depressivos e ideologico, mas acima de tudo filosófico para quem “consegue” chegar até o seu final. Impactante, informativo e provocando reflexões, TERRÁQUEOS é de longe o mais completo documentário jamais produzido sobre a conexão entre natureza, animais, e interesses econômicos

O documentário conta com a narração de Joaquin Phoenix (Johnny & June, Hotel Ruanda, Sinais e Gladiador), ninguém menos que um dos ativistas e atores veganos mais conhecidos da atualidade e música chocante e perfeita de Moby. O Filme-documentário  abrange a absoluta dependência da humanidade em relação aos animais (para estimação, alimentação, vestuário, diversão e desenvolvimento científico), mas também ilustra nosso completo desrespeito para com os assim chamados “provedores não-humanos”

Com um profundo estudo dentro das pet-shops, criatórios de filhotes e abrigos de animais, bem como em fazendas industriais, no comércio de couro e peles, indústria de esporte e entreterimento, e finalmente na carreira médica e científica, TERRÁQUEOS usa câmeras escondidas e filmagens inéditas para narrar as práticas diárias de algumas das maiores indústrias do mundo, as quais dependem de animais para lucrar.

Acredito que por mais impactante que seja este filme-documentário “deveria ser exibido em escolas, para que possamos aprender a respeitar os animais e a natureza o mais jovem possível”. TERRÁQUEOS é o tipo de filme que não se pode guardar, é preciso divulgá-lo para que mais pessoas conheçam a verdade sobre o tratamento cruel que financiamos aos animais. Por isso o site oficial do mesmo disponibilizou ele para download, basta você clicar aqui

Quais serão os desafios encontrados pelo novo PAPA?

De fora do conclave inúmeras pessoas especulam como e quem será o novo papa, porem o que poucos se arriscam a comentar são os desafios que o futuro papa terá que enfrentar. O sucessor de Bento XVI precisará enfrentar desafios como a reforma da cúria e o fortalecimento de uma nova evangelização em um mundo cada vez secularizado.

O próximo pontífice deverá prosseguir com o desenvolvimento do Concílio Vaticano II, que não está esgotado, e estimular o ecumenismo em prol da unidade dos cristãos. Além disso, o novo beato deverá mostrar um novo meio de reger a igreja com os crescentes casos de clérigos pedófilos, uma grande escassez de vocações, algumas questões do celibato sacerdotal, possivelmente uma maior presença da mulher nas instituições da Igreja e talvez por fim uma melhora das relações com o Islã e, sobretudo, com os judeus.

A Igreja que o próximo pontífice vai encontrar tem pendente o tema da colegialidade, ou seja a relação entre a Cúria e os episcopados nacionais, um dos pontos que ficaram sem ser resolvidos na era de Bento XVI. Vários bispos consideram que é preciso estimular o governo comum da Igreja e aumentar as atribuições das conferências episcopais, enquanto na cúria vaticana são muitos os que pensam que deve prevalecer o governo central da Igreja.

O caminho rumo à colegialidade é longo e, segundo o teólogo heterodoxo Hans Kung, Roma continua exibindo um Igreja forte, absolutista, que reúne em suas mãos os poderes legislativos, executivos e judicial, que não leva em conta a universalidade da mesma.

A reforma da cúria romana é urgente, sobretudo após o escândalo Vatileaks, que revelou intrigas e confrontos na cúria. Outro ponto é a escassez de vocações e a consequente diminuição de sacerdotes. A cada dia há mais paróquias sem sacerdotes e estes têm que cobrir vários povos.

Perante este problema, volta a surgir o tema do celibato.

Bento XVI defendeu o celibato sacerdotal e manteve fechadas as portas do sacerdócio aos homossexuais, mas concedeu mais dispensas que seu antecessor a clérigos para que se casassem.

O papel da mulher na Igreja é outro tema pendente. Bento XVI, como João Paulo II, ressaltou em várias ocasiões o trabalho da mulher, mas ficou nisso e insistiu que não podem ser ordenadas sacerdotes do sexo feminino.

Visto que não parece que os tempos estejam maduros para o sacerdócio feminino, as mulheres exigem uma maior participação nas tarefas da paróquia, da mesma forma que os laicos.

Outro problema pendente é a admissão aos sacramentos dos católicos divorciados e que voltaram a se casar.

Segundo o Conselho Pontifício para os Textos Legislativos, essa proibição é ‘lei divina’, ou seja, que nem sequer a Igreja pode modificar.

A moral sexual é outro ponto pendente. A Igreja é contrária às relações pré-matrimoniais, uso de anticoncepcionais, etc. Também rejeita o uso de preservativos contra a Aids e considera o homossexualismo como um desvio.

As relações com o islã sofreram um retrocesso com Bento XVI, após citar em discurso uam frase do imperador bizantino Manuel II Paleólogo ‘Maomé não tinha trazido nada de inovador, exceto a ordem de estender a fé por meio da espada’.

Com os judeus, as relações se deterioraram após a decisão de Bento XVI de revogar a excomunhão ao bispo que nega o Holocausto judeu, após declarar ‘Venerável’ – primeiro passo à santidade- Pio XII, a quem acusam de ter se calado perante o Holocausto, e a recuperação da prece da Sexta-Feira Santa na qual se pedia, antes do Concílio Vaticano, a ‘conversão’ dos judeus.

O próximo papa terá que prosseguir, por expresso desejo de Bento XVI, as negociações com os lefebvrianos, que provocaram um cisma em 1988, ao ordenarem quatro bispos sem a permissão de papa e por não reconhecerem o Concílio Vaticano II.

O novo pontífice também terá que seguir o caminho de Bento XVI em defesa da natureza. Ratzinger foi um dos papas que mostrou maior sensibilidade pela ecologia, denunciando a erosão, o desmatamento, o espólio dos recursos minerais e dos oceanos

Coletando Dados – Complemento do vídeo argumentos que ateus não devem usar

Feliz dia das Mulheres

44387_281809535284028_129089782_n